terça-feira, 15 de abril de 2014

Do Zero ao Desenho

Durante o período de Janeiro a Março /2014 ministrei, no Porto Iracema das Artes, um curso de desenho configurado na forma da disciplina de Expressão Gráfica a convite da Profa. Lízie Sancho. Defini o propósito do curso como quebrar preconceitos combatendo a ideia de que só desenha quem possui um dom especial. Para tanto chamei pessoalmente o curso de: Do Zero ao Desenho.

Contei com o apoio das obras de Betty Edwards, Phillip Hallawell, Andrew Loomis e notas de aula do Prof. José Marconi, além da minha experiencia na prática do que funciona e do que não funciona para a execução de um desenho.

Concluí que se o praticante tiver compromisso e esforço, ele conseguirá apreender, desenvolver e explorar com muita competência (e para além disto) a técnica do desenho. Respeito a opinião de quem não acredita no ensino do desenho, de quem ainda insiste no pensamento medieval de que um ser humano é melhor que outro porque possui "dom". Sou compelido portanto a crer no que vejo funcionar: empenho, dedicação, esforço mostram melhores resultados que dons ou poderes mágicos.

Não é possível aprender desenho sem prática, sem esforço, sem dedicação. Parabéns aos alunos  -agora amigos- que tiveram coragem e determinação de concluir a disciplina de Expressão Gráfica até o final. Agradecimentos especiais à Profa. Lízie Sancho e aos Mestres José Marconi Bezerra e Betty Edwards.

JJ Marreiro

PS: Abaixo o registro da evolução do poder de observação e traço conquistados após várias e cansativas horas de prática. 




mais:
SOBRE DESENHO E ALÉM

JJ MARREIRO PROFILE

P-Produtions (artigo da Comix Book Shop Magazine #23)

O material abaixo é referente a edição 23 da revista Comix Book Shop Magazine. As páginas receberam uma pequena edição digital para figurar melhor um pouco no blog. O artigo foi produzido por Ricardo Cruz.


sexta-feira, 11 de abril de 2014

O Inesquecível Spectreman

Matéria redigida por Ricardo Cruz para a revista Comix Milênio nº3 (Editora Escala)


Gibiteca de Fortaleza - Ambiente Plural

Matéria publicada na Revista SIARÁ (23 de setembro de 2012)
Tema Gibiteca de Fortaleza




quinta-feira, 10 de abril de 2014

HQs e Infográficos

Essa arte foi produzida para um material de empreendedorismo. Inicialmente deveria ser uma História em Quadrinhos, no final acabou ganhando ares de infográfico. É possível dizer que as HQs possuem entre seus elementos importantes: narrativa e sequencia; e os Infográficos centram em dados/fatos + imagens. Em alguns momentos o limite entre ambos é tênue, embora devam existir autores que não teçam distinções.