sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

BATMAN COSPLAY



Parece ser muito difícil para os produtores em Hollywood entenderem que o Batman é um atleta que usa o próprio corpo como arma. Apesar de algumas placas, ou forros sutis que o impedem de virar peneira num tiroteio, essencialmente o uniforme do Batman nos quadrinhos sempre foi de PANO.

Já se tornou um discurso dogmático alegar a falta de verossimilhança nos uniformes dos quadrinhos. A maioria esquece que o mundo dos quadrinhos não é o mundo real é um mundo de fábulas como a Terra do nunca do Peter Pan.

Embora a maré conduza as opiniões em outra direção alguns poucos malucos parecem concordar com esse raciocínio, entre eles David MAzuchelli o maluco que desenhou Batman Ano 1 para o finado roteirista Frank Miller. Outro cara que parece concordar com isso é o ilustrador Bryan Morton, designer formado pela Gnomon Visual Efects. O uniforme criado pelo Bryan lembra muito alguns dos melhores momentos do morcegão, fazendo referencia aos trabalhos de Jim Lee, Frank Miller (Cavaleiro da Trevas), Neal Adams e David Mazuchelli. Em todas essas fantásticas versões o uniforme é claramente feito de PANO!

sábado, 12 de fevereiro de 2011

O Chefe do Tapa-Olho


O Tapa-Olho é uma organização secreta cujo objetivo é fazer com que aquilo que está oculto permaneça oculto dos olhos do homem comum. É sua função impedir que o homem comum perca a sanidade e provoque uma onda de pânico e caos na sociedade resultando em loucura coletiva e desobediencia civil em níveis que ameacem a ordem dos estados constituídos.

Eventos sobrenaturais, invasões extraterrestres, mundos paralelos, viagem no tempo são assuntos que podem destruir a organização da sociedade moderna pela simples percepção de sua existência. Para que olhos comuns não vejam a verdade e enlouqueçam é que existe o Tapa-Olho.

O Tapa-Olho não existe. Voce está diante de uma artigo fictício... mas, eventualmente pode tratar-se de uma peça da política de desinformação do próprio Tapa-Olho.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Judoka!

O desenho é antigo mas taí atendendo o pedido de um amigo.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Dragão do Mar


Desenvolvido por Fernando Lima, este personagem submarino reune influencias clássicas de Hanna-Barbera com os live actions japoneses, os Tokusatsus. Protetor dos mares e da natureza, possui guias místicos baseados na religião afro-brasileira que o orientam.

O Personagem é homônimo de um herói da história do Ceará. Francisco José do Nascimento, por volta de 1882, posicionou-se contra o tráfico negreiro liderando um movimento contra o desembarque de escravos em terras cearenses, à partir daí ganhou a alcunha de Dragão do Mar.

Ao passo que guarda afinidades com o mundo pop, aliadas a referencias históricas, o novo Dragão do Mar atua na defesa e proteção do oceano e daqueles que dali retiram seu sustento. O herói tem como identidade secreta um pescador jovem e idealista protegido por Iemanjá.